15 anos depois

Rebelde,

A novela mexicana “Rebelde” estreou no SBT em 2005. Quinze anos depois, assistimos de novo ao primeiro capítulo e tivemos alguns questionamentos

O que achamos das tramas de Mia, Miguel, Roberta, Diego, Lupita e Giovanni com o olhar de hoje?

Abertura

Ela passa bem essa vibe de adolescentes tentando se encontrar e descobrir quem são em um mundo que não os entende. Curtimos e está aprovado!

Miguel

No primeiro capítulo, a gente ainda não sabe muito bem qual é o plano de vingança do Miguel, mas ficamos com algumas questões. Primeiro de tudo, como alguém que já terminou o colégio vai conseguir se matricular no Elite Way?

Também ficamos bem assustados com como ele foi bastante sincero com sua irmã mais nova sobre a morte de seu pai

Diego

Nesse primeiro episódio ele é apenas um playboyzinho irritante. A própria Barbie fascista. O que é ele reclamando de ir para a Europa? Sério, Diego? E nem vamos falar sobre aquele cabelo, né?

sexualizadas

Meninas muito

Apesar de "Rebelde" possuir personagens femininas bem fortes, a novela é um claro exemplo de homens escrevendo sobre mulheres. Fica muito evidente nesse primeiro capítulo o quanto as estudantes são objetificadas na trama

Gordofobia

Em uma determinada cena, Mia diz a Celina que ela está ótima, mas só precisa fazer uma dieta. Depois disso, ainda aconselha a amiga a encolher a barriga. Puxado, né?

“Malhação”?

Melhor que

O primeiro capítulo termina com Diego bebendo enquanto dirige e sofrendo um acidente. Não é uma cena muito bem feita. Porém, dando uma adaptada no roteiro e retirando algumas partes problemáticas, um revival seria muito bem-vindo, né?

purebreak,

entretenimento e

jovem

empoderamento

Clique e leia mais
Rebelde, novela, RBD