Aves de Rapina

Arlequina em

O feminismo de

Será que uma vilã louca também pode ser feminista? A resposta é: sim. E muito!

Nós amamos um ícone girl power, então listamos 5 vezes em que a Arlequina foi feminista em “Aves de Rapina” e você talvez não tenha reparado

não levou

1- Quando ela

desaforo para casa

Em uma das cenas no bar, o motorista de Roman se achou no direito de xingar a nossa Harley, só por ela estar dançando. O que a protagonista fez? Quebrou as duas pernas dele

outras mulheres

2- Ela apoia

Sororidade? Temos! A união das mulheres nesse longa foi um dos pontos mais importantes. No final, ela "adota" a Cassandra Cain para ser sua pupila, já que a menina não tinha mais ninguém

precisa de proteção

mostra que não

3- Quando ela

A personagem enfrentou os monstros da Magia sozinha e ainda saiu falando um "E aí, gente?!" para o resto do time

os homens da cidade

4- Ela se impõe para

Arlequina quer ser levada a sério, mas toda a cidade ainda a chama de "namorada do Coringa". Que mulher nunca passou por isso? Porém, Harley não deixa barato: "É de mim que eles deviam ter medo. Não de você, não do senhor Coringa. Porque eu sou a Arlequina, p****!"

Coringa

livrou de vez do

5- Quando ela se

Qual é a melhor forma de mostrar que terminou mesmo um relacionamento? Explodindo uma fábrica de químicos, é claro

Quando ninguém acredita que ela acabou de vez com a relação abusiva com o Coringa, a Arlequina manda o "lugar romântico" dos dois pelos ares, deixando bem claro que foi o ponto final

purebreak,

entretenimento e

jovem

empoderamento

Clique e leia mais
Arlequina, Aves de Rapina, Filme, Feminismo, Comportamento