RESILIÊNCIA

DOIS EXEMPLOS DE

Ludmilla e Lizzo,

Pensando em desistir dos seus sonhos? Chegou a hora de entender por que as cantoras Ludmilla e Lizzo são modelos de persistência e, claro, duas grandes inspirações!

Por volta de 2013, Ludmilla estourou com o hit “Fala Mal de Mim”. Desde então, vieram sucessos como "Sem Querer" e "Hoje"

Porém, por volta de 2016, apesar de ter lançado ótimas músicas, Lud parecia ter entrado num limbo onde nenhuma de suas canções ganhava o reconhecimento que merecia

No final de 2018, com os lançamentos "Não Encosta" e "Din Din Din", isso começou a mudar. Já em 2019, Ludmilla colheu os frutos desses hits e emplacou outra ótima fase, marcada pelo DVD "Hello Mundo"

E as provas de que uma fase ruim não te definem continuaram: Lud ainda apresentou no Rock in Rio e ganhou um Prêmio Multishow de Cantora do Ano. Incrível, né?

Vamos agora para os Estados Unidos para falar de Lizzo, nosso outro exemplo de que, às vezes, o sucesso vem depois de várias tentativas

Lizzo vem fazendo música há anos, mas demorou até que “Good as Hell”, single de 2016, fizesse algum barulho nas paradas americanas

Foi em 2019 que “Truth Hurts” consolidou o nome da cantora na indústria: a música conquistou o mundo após aparecer numa cena do filme “Alguém Especial”, da Netflix

Mesmo tendo sido lançada em 2017, “Truth Hurts” ficou sete semanas seguidas no topo da Billboard Hot 100 e deu a Lizzo um Grammy de Melhor Performance Solo de Pop

Moral da história: apesar dos obstáculos, persistir naquilo que a gente acredita é sempre fundamental!

purebreak,

entretenimento e

jovem

empoderamento

Clique e leia mais
Ludmilla, Lizzo, cantora, comportamento